Continua após publicidade

Vem aí o Prêmio Bravo! 2018

Por Bravo
Atualizado em 22 set 2022, 12h21 - Publicado em 22 fev 2018, 07h51

Cerimônia será realizada no dia 27 de março na Casa de Francisca, em São Paulo. Conheça os finalistas

Os finalistas na categoria Destaque 2017

O Prêmio Bravo! está chegando, agora em sua segunda edição desde que a revista é publicada por editores independentes. A cerimônia será realizada no dia 27 de março na Casa de Francisca, no centro de São Paulo, onde serão premiados artistas, grupos e instituições em 10 categorias. O Prêmio existiu de 2005 a 2013 e foi relançado em 2017 — veja os vencedores da última edição.

Uma das mais abrangentes premiações de arte e cultura do Brasil, o Prêmio Bravo! julgou trabalhos produzidos entre janeiro e dezembro de 2017, em dança, música, cinema, artes, teatro e literatura.

A seleção foi feita por uma Academia composta por críticos, acadêmicos, produtores culturais e artistas. Ao todo, 136 especialistas, divididos em suas áreas de atuação, participaram do processo . As categorias Melhor Evento de Cultura e Melhor Programação Cultural foram votadas por todos.

A categoria Destaque 2017 é a única com cinco finalistas, todos indicados pela Bravo!. A escolha do vencedor desta categoria também é diferente: será feita por voto popular pelas redes sociais. Se você usa Facebook, já pode votar por aqui.

Confira abaixo quem são os finalistas do Prêmio Bravo! 2018:

Continua após a publicidade

Melhor Disco

  • Caravanas, Chico Buarque
  • Em Noite de Climão, Letrux
  • Galanga Livre, Rincon Sapiência

Melhor Disco Erudito

  • AM60 AM40, Antonio Meneses e André Mehmari
  • Carlos Gomes, Alexandre Levy e Glauco Velásquez, Quarteto Carlos Gomes
  • Villa-Lobos: Sinfonias nº 8, 9 e 11, Osesp e Isaac Karabtchevsky

Melhor Espetáculo de Dança

  • Cão sem Plumas, Cia. Deborah Colker
  • Fados e Outros Afins, Mariana Muniz
  • Gira, Grupo Corpo

Melhor Espetáculo de Teatro

  • Grande Sertão: Veredas, Bia Lessa
  • Preto, Marcio Abreu
  • Selvageria, Felipe Hirsch

Melhor Evento de Cultura

  • Festa Literária Internacional de Paraty — Flip
  • Mostra Internacional de Cinema de São Paulo
  • Queermuseu — Cartografias da diferença na arte brasileira

Melhor Exposição Individual

  • Álbum, Mauro Restiffe (Pinacoteca de São Paulo)
  • Paraíso Tropical, Rosana Paulino (CCSP)
  • Quem Tem Medo de Teresinha Soares?, Teresinha Soares (Masp)

Melhor Filme

  • As Duas Irenes, Fabio Meira
  • Era o Hotel Cambridge, Eliane Caffé
  • No Intenso Agora, João Moreira Salles

Melhor Livro

  • Acre, Lucrécia Zappi
  • Como se Fosse a Casa, Ana Martins Marques e Eduardo Jorge
  • A Noite da Espera, Milton Hatoum

Melhor Programação Cultural

  • Serviço Social do Comércio — Sesc SP
  • Instituto Moreira Salles
  • Casa de Francisca

Destaque 2017

  • Conceição Evaristo
  • Grupo Galpão
  • Linn da Quebrada
  • Paulo Herkenhoff
  • Vladimir Brichta
Publicidade