Continua após publicidade

Podcast “Praia dos Ossos” vai virar minissérie na HBO

Produção vai retratar os bastidores do caso de assassinato da socialite Ângela Diniz

Por Redação Bravo!
9 jul 2024, 10h00

O podcast “Praia dos Ossos”, da Rádio Novelo, ganha as telas e vai virar minissérie pela HBO Max. Com apresentação e idealização de Branca Vianna, a reportagem lançada em 2020 foi um dos primeiros podcasts que viralizaram na pandemia em escala nacional.

Além da produção original muito bem roteirizada por Flora Thomson-Deveaux e Paula Scarpin, a produção fez barulho por abordar em profundidade as inúmeras controvérsias dos bastidores do caso de assassinato da socialite Ângela Diniz, em 30 de dezembro de 1976, com quatro tiros numa casa na Praia dos Ossos, em Búzios, pelo então namorado Doca Street, réu confesso.

Mas, nos três anos que se passaram entre o crime e o julgamento, Doca ganhou fama de galã e se tornou a vítima do caso. O podcast aborda os dois julgamentos de Doca Street, bem como as manifestações feministas que eclodiram de toda essa história que marcou os anos 1970 no país e dominou o debate público na época.

A atriz Marjorie Estiano foi escalada para interpretar Ângela e o ator Emilio Dantas está em negociação para viver Doca. A série, que terá seis episódios, será escrita por Elena Soárez e dirigida por Andrucha Waddington (“Sob Pressão”).

Continua após a publicidade

Andrucha já comentou sobre a produção: “Será uma série de vida. A vida de Ângela Diniz, uma mulher que, nos anos 1970, auge do machismo, ousou viver à sua maneira, sem medo dos preconceitos, julgamentos e opiniões. Ao mesmo tempo, será um lembrete incisivo de que só em 2023 o STF aboliu a infame tese da legítima defesa da honra, tantas vezes utilizada em favor de diversos crimes de feminicídio, como o que aconteceu com Ângela, pela oratória do advogado Evandro Lins e Silva na defesa de Doca Street.”

Recentemente, a história de Ângela Diniz foi retratada no longa “Ângela”, com Isis Valverde no papel principal. No entanto, o filme foi criticado por abordar a relação tóxica entre o casal principal em um soft porn, com cenas excessivas de sexo e falta de aprofundamento na trajetória da protagonista.

A série deve carregar o mesmo nome do podcast, mas ainda não tem previsão de estreia. Enquanto isso, aproveite para ouvir ou conhecer o podcast “Praia dos Ossos”. Escute na íntegra abaixo:

Continua após a publicidade

 

Publicidade