Continua após publicidade

7 séries sobre arte indicadas pela Bravo!

Confira a seleção destas obras que transitam entre ficção, drama, autobiografias e comédia

Por Beatriz Magalhães
Atualizado em 5 jul 2024, 14h25 - Publicado em 5 jul 2024, 09h00

No vasto panorama das telas modernas, algumas obras transcenderam a mera narrativa para se tornarem verdadeiras celebrações da criatividade humana. Das câmeras se desdobram histórias que não apenas entretêm, mas também relembram a vida e memória de artistas que até hoje são celebrados e que criaram legados para além de seu tempo.

Ao cruzar as fronteiras entre ficção e realidade, estas séries oferecem uma perspectiva única sobre como a criatividade molda e espelha o mundo ao nosso redor. Confira abaixo uma lista de produções que exploram as diferentes facetas e nuances da arte, disponíveis em diferentes streamings.

1. Abstract: The Art of Design

Na vastidão do universo do design contemporâneo, a série “Abstract: The Art of Design“, da Netflix, surge como um farol de inspiração e insight. Com uma abordagem meticulosa e cinematográfica, cada episódio desta produção aclamada oferece um mergulho profundo na mente de um mestre do design, revelando os processos criativos e as histórias por trás das criações que moldam nosso mundo.

Ao longo de suas temporadas, “Abstract” destaca figuras influentes em diversas disciplinas do design, desde arquitetura até ilustração, moda, fotografia e muito mais. Cada episódio é uma jornada íntima e reveladora, narrada pelas próprias mentes brilhantes por trás das obras que transformam o cotidiano em arte.

Com uma combinação única de entrevistas exclusivas, imagens de bastidores e animações vívidas, a série não apenas educa sobre os princípios fundamentais do design, mas também inspira espectadores a explorar novos horizontes criativos. “Abstract: The Art of Design” é um convite para apreciar a complexidade e a beleza do pensamento humano transformado em formas tangíveis, iluminando o caminho para uma compreensão mais profunda e apreciativa do design em nossas vidas.

Continua após a publicidade

2. Artérias (SescTV)

Em um panorama cultural em constante transformação, a série documental “Artérias”, produzida pelo SescTV e disponível gratuitamente no Youtube, surge como um convite para desvendar a rica diversidade da arte contemporânea brasileira. Com 26 mini documentários de 13 minutos cada, a série apresenta um mosaico de artistas visuais de diferentes gerações e origens, revelando suas trajetórias, processos criativos e as inquietações que permeiam suas obras.

“Artérias” não se limita a um único estilo ou movimento artístico. Ela abrange uma ampla gama de linguagens e perspectivas, desde a pintura, escultura e gravura até a performance, fotografia e instalações. Cada episódio oferece um olhar único sobre a produção de um artista, explorando suas motivações, técnicas e o contexto sociocultural que influencia sua obra.

3. Genius: Picasso

A série “Genius: Picasso” mergulha no turbilhão criativo e na vida tumultuosa de um dos artistas mais influentes do século XX, Pablo Picasso. Com uma narrativa cativante e uma meticulosa atenção aos detalhes históricos, a produção transporta os espectadores para os bastidores dos ateliês parisienses e das vanguardas artísticas que revolucionaram o mundo da arte moderna.

Continua após a publicidade

Protagonizada pelo talentoso Antonio Banderas, que personifica com maestria o carisma e a intensidade de Picasso, a série explora não apenas os momentos de genialidade que definiram sua obra, mas também os relacionamentos complexos que moldaram sua vida pessoal. Desde suas conturbadas relações amorosas até os embates com a crítica e os desafios pessoais, cada episódio revela camadas profundas do artista espanhol.

Ao revelar os dramas íntimos por trás das pinceladas ousadas e das esculturas inovadoras, “Genius: Picasso” não apenas celebra a criatividade visionária do pintor, mas também oferece uma visão humana e profundamente envolvente de um ícone que desafiou as fronteiras da arte e da imaginação.

4. Inhotim – Arte Presente

Localizado nos exuberantes domínios de Brumadinho, Minas Gerais, o Instituto Inhotim é mais do que um simples museu: é um testemunho vivo da fusão entre arte, natureza e inovação. A série “Inhotim: Arte Presente” transporta os espectadores para dentro deste fascinante universo, onde cada passo revela uma obra de arte inesperada e uma experiência sensorial única.

Através de uma narrativa envolvente e visualmente deslumbrante, a série explora não apenas as instalações artísticas e jardins botânicos meticulosamente projetados, mas também a visão visionária por trás deste espaço cultural incomparável. Artistas renomados de todo o mundo contribuíram com suas obras para o acervo diversificado do Inhotim, criando um diálogo dinâmico entre arte contemporânea e o cenário natural que a envolve.

Continua após a publicidade

Com direção de Pedro Urano, a série documental investiga a multiplicidade de linguagens nas obras de 10 artistas, como Giuseppe Penone, Claudia Anduar, Olafur Eliasson, dentre outros nomes da arte contemporânea mundial que têm em comum obras importantes expostas no museu.

Cada um dos 13 episódios, disponíveis na Netflix, oferece uma imersão profunda nas histórias por trás das obras de arte, revelando os processos criativos dos artistas e os impactos emocionais e sociais de suas criações. Desde esculturas monumentais até instalações interativas, a série documental não apenas celebra a beleza estética, mas também examina o papel transformador da arte na percepção humana.

5. Matizes do Brasil

A série documental “Matizes do Brasil”, dirigida por Bianca Lenti, convida os espectadores a uma imersão nas mais importantes pinturas criadas por gênios da arte brasileira ao longo das décadas. Em 14 episódios, a série traça um panorama abrangente da arte no Brasil, desde os pintores clássicos do século XIX até os inovadores artistas contemporâneos, abordando uma vasta gama de estilos e períodos sem preconceitos.

Cada episódio é dedicado a um artista de destaque, revelando os segredos e as histórias por trás de suas obras-primas, entre os nomes explorados, estão: Tarsila do Amaral, Anna Maria Maiolino, Rosana Paulino, Cildo Meireles, dentre outros nomes cuja contribuição para a arte brasileira é analisada em profundidade.

Continua após a publicidade

“Matizes do Brasil” combina depoimentos de especialistas, imagens das obras e materiais de arquivo para oferecer uma visão detalhada e envolvente da trajetória dos artistas e de suas criações. A série alterna momentos de análises específicas de obras com comentários gerais sobre as carreiras dos artistas, destacando suas influências, técnicas e o impacto de seu trabalho na cultura brasileira.

6. O Maior Roubo de Arte de Todos os Tempos

A série “O Maior Roubo de Arte de Todos os Tempos” mergulha profundamente em um dos maiores mistérios não resolvidos da história da arte. Dirigida por Colin Barnicle, a produção documental explora o audacioso roubo ocorrido no Museu Isabella Stewart Gardner, em Boston, em 1990. Durante uma única noite, ladrões disfarçados de policiais subtraíram 13 obras de arte, incluindo peças de Rembrandt, Vermeer, Degas e Manet, avaliadas em mais de 500 milhões de dólares.

A série não apenas reconstitui os eventos daquela noite fatídica, mas também investiga as pistas e teorias que surgiram ao longo dos anos. Com entrevistas exclusivas, imagens de arquivo e uma análise detalhada dos procedimentos investigativos, “O Maior Roubo de Arte de Todos os Tempos” oferece ao público uma visão abrangente das complexidades do caso e das personalidades envolvidas.

7. O Museu

Continua após a publicidade

Nesta nova série da Star+, os diretores argentinos Gastón Duprat e Mariano Cohn, aclamados por sucessos como “Meu Querido Zelador” e “Nada”, se unem para entregar uma comédia ácida e reflexiva sobre o mundo da arte contemporânea.

A trama gira em torno de Antonio Dumas (Oscar Martínez), um historiador de arte culto e sofisticado, mas também cínico e relapso em seus relacionamentos pessoais. Após vencer um concurso que o coloca como diretor de um importante museu de arte contemporânea em Madrid, Dumas se depara com um universo excêntrico e repleto de desafios.

Entre as figuras bizarras que precisa enfrentar, estão os “filhinhos de papai” que se consideram revolucionários da arte, pessoas que se beneficiam do sistema e artistas que propõem obras absurdas, como uma baleia morta em exposição. Além disso, ele precisa lidar com as burocracias do cargo, incluindo problemas sindicais, pressões políticas e exposições que geram controvérsias.

Com um roteiro inteligente e atuações impecáveis, “O Museu” é uma série que diverte e provoca reflexões importantes sobre o papel da arte na sociedade atual. A produção é um prato cheio para quem aprecia comédias inteligentes e busca um olhar crítico sobre o mundo da arte.

Publicidade