Continua após publicidade

“Cidade de Deus” será restaurado com IA, afirma CEO da O2

Anúncio foi feito durante debate na Mostra de Cinema de Ouro Preto, que tem como foco o patrimônio e a preservação do audiovisual brasileiro

Por Redação Bravo!
25 jun 2024, 09h00

Paulo Barcellos, CEO da produtora O2, anunciou que o clássico contemporâneo Cidade de Deus (2002) está passando por um processo de restauração com o auxílio de inteligência artificial. O anúncio foi feito neste fim de semana, durante o encontro “Inteligência Artificial e o Futuro da Preservação Audiovisual: Questões Técnicas e Éticas”, na 19ª CineOP – Mostra de Cinema de Ouro Preto.

cidade-de-deus-fernando-meirelles
Cena do filme “Cidade de Deus” (Cidade de Deus (2002)/reprodução)

Ainda sem previsão de conclusão, o procedimento envolve a recuperação de negativos originais, a transição de formatos de imagem e o uso de inteligência artificial para corrigir imperfeições técnicas, aplicar efeitos de pós-produção e ajustar outros detalhes em desenvolvimento. “A IA será fundamental para automatizar a limpeza de ‘frames’, detectando falhas, trechos faltantes e imperfeições do original, nos dando opção de escolhermos como ajustá-los da maneira que decidirmos”, disse o CEO.

Parte do material está sendo restaurada em um estúdio em Los Angeles. O longa será digitalizado com imagens em alta resolução, incluindo algumas em 4K e 6K.

Continua após a publicidade
cidade-de-deus-fernando-meirelles
Cena do filme “Cidade de Deus” (Cidade de Deus (2002)/reprodução)

Ao fim do processo, serão geradas duas versões da obra: uma com modificações sonoras e visuais significativas e outra, mais fiel à versão original, com apenas algumas melhorias.

Cidade de Deus é um filme brasileiro de 2002 dirigido por Fernando Meirelles e co-dirigido por Kátia Lund. A obra é uma adaptação do livro homônimo de Paulo Lins e retrata a violência e a vida nas favelas do Rio de Janeiro durante as décadas de 1960, 1970 e 1980.

Continua após a publicidade

A história é narrada por Buscapé, um jovem morador da favela que sonha em se tornar fotógrafo para escapar da vida de crime que domina sua comunidade. O filme foca em dois personagens principais: Buscapé, que tenta evitar a vida do crime, e Zé Pequeno, um criminoso ambicioso e impiedoso que se torna um dos chefes do tráfico de drogas na favela.

O filme explora temas como pobreza, violência, corrupção policial e a luta pela sobrevivência. Na época, foi aclamado internacionalmente e recebeu várias indicações e prêmios, incluindo quatro indicações ao Oscar. Até hoje, é considerado um dos filmes mais importantes do cinema brasileiro.

cidade-de-deus-fernando-meirelles
Cartaz do filme “Cidade de Deus” (Cidade de Deus (2002)/reprodução)
Publicidade