Continua após publicidade

Tudo sobre o Oscar 2024: data, indicados, onde assistir e mais

Saiba tudo sobre a 96ª edição, que acontece em 10 de março de 2024, e relembre momentos marcantes da história da premiação

Por Beatriz Magalhães
Atualizado em 27 fev 2024, 11h42 - Publicado em 4 jan 2024, 11h38

Organizado pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood para reconhecer as principais produções e profissionais da indústria mais aclamados, o Oscar é a mais famosa premiação de cinema existente.

A 96ª edição do Oscar já tem data marcada: 10 de março de 2024 e será apresentada pelo comediante e escritor Jimmy Kimmel, sendo esta sua quarta vez nos palcos da premiação. “Sempre sonhei em receber o Oscar exatamente quatro vezes”, brincou o apresentador ao divulgar a notícia.

Além de Jimmy Kimmel, a Academia acaba de anunciar outros apresentadores para a noite de cerimônia, que contará com Mahershala Ali, Nicolas Cage, Jamie Lee Curtis, Brendan Fraser, Jessica Lange, Matthew McConaughey, Lupita Nyong’o, Al Pacino, Michelle Pfeiffer, Ke Huy Quan, Sam Rockwell, Michelle Yeoh e Zendaya.

Reunimos as principais informações sobre o tão aguardado Oscar 2024, desde história da premiação, onde acompanhar, lista de possíveis indicados, melhores momentos e muito mais. Confira!

Onde assistir ao Oscar?

A 96ª edição do Oscar acontece dia 10 de março de 2024, religiosamente em um domingo. Entretanto, desta vez a cerimônia irá começar com 1h de antecedência, ou seja, às 16h na Califórnia (20h, no horário de Brasília), de acordo com informações do portal norte-americano “The Hollywood Reporter”.

O evento acontecerá no icônico Dolby Theatre, o grande teatro de Los Angeles, que tem sido o local de entrega dos Prêmios da Academia desde 2001, ano de inauguração.

Continua após a publicidade
View this post on Instagram

A post shared by The Academy (@theacademy)

Com cerca de 3h30 de duração, nos últimos anos, houve uma queda na audiência na cerimônia conforme a noite avançava, especialmente por ser transmitido em um domingo. Com a mudança, o objetivo é garantir que a transmissão encerre em um horário nobre nos estados do leste dos Estados Unidos, já que estão três horas na frente em comparação à Califórnia.

No Brasil, a transmissão será feita pelo streaming da HBO Max.

Quais são os indicados ao Oscar 2024?

A primeira versão da lista com os indicados da premiação será divulgada dia 21 de dezembro. Hoje, 23 de janeiro, os finalistas que estão concorrendo em todas as categorias foram apresentados oficialmente.

O longa Oppenheimer, do diretor britânico Christopher Nolan, que já coleciona 7 indicações com suas obras com Memento, A Origem e Dunkirk, lidera a corrida para o Oscar com o total 13 indicações, incluindo algumas das mais aclamadas, como melhor filme, direção e ator.

Continua após a publicidade

Em segundo lugar, Pobres Criaturas, de Yorgos Lanthimos, conhecido por dirigir filmes que costumam causar um certo estranhamento ao público por trazer situações originais sob uma lente enigmática, como Dente Canino e O Sacrifício do Cervo Sagrado, recebeu 11 indicações, incluindo melhor filme e direção.

O filme de Martin Scorsese, Assassinos da Lua das Flores, ocupa o terceiro lugar de longa com maior número de indicações, concorrendo em 10 categorias. Dentre as principais, estão: melhor filme, direção, atriz, atriz coadjuvante, com a atriz Lily Gladstone conquistando o posto de primeira atriz nativa norte-americana a receber uma indicação na categoria.

Por fim, Barbie, Greta Gerwig, conhecida por seus trabalhos com Lady Bird: A Hora de Voar e Frances Ha, conquistou oito indicações da Academia, dentre as de melhor filme, roteiro adaptado, figurino, e duas indicações em canção original com “I’m Just Ken”, interpretada por Ryan Gosling e “What Was I Made For?”, de Billie Eilish.

Enquanto o longa Anatomia de uma Queda, dirigido por Justine Triet, recebeu cinco indicações de Melhor Filme, Atriz (Sandra Hüller), Direção, Roteiro Original e Montagem. Na cerimônia do César Awards, considerado o Oscar francês, o título conquistou seis prêmios: Melhor Filme, Direção, Roteiro Original, Melhor Ator Coadjuvante, Montagem e Melhor Atriz.

Abaixo, confira a lista completa de indicações:

Continua após a publicidade

Melhor Filme

  • American Fiction
  • Anatomia de Uma Queda
  • Barbie
  • Os Rejeitados
  • Assassinos da Lua das Flores
  • Maestro
  • Oppenheimer
  • Vidas Passadas
  • Pobres Criaturas
  • Zona de Interesse

Melhor Diretor

  • Justine Triet (Anatomia de Uma Queda)
  • Martin Scorsese (Assassinos da Lua das Flores)
  • Christopher Nolan (Oppenheimer)
  • Yorgos Lanthimos (Pobres Criaturas)
  • Jonathan Glazer (Zona de Interesse)

Melhor Ator

  • Bradley Cooper (Maestro)
  • Colman Domingo (Rustin)
  • Paul Giamatti (Os Rejeitados)
  • Cillian Murphy (Oppenheimer)
  • Jeffrey Wright (American Fiction)

Melhor Atriz

  • Annette Bening (Nyad)
  • Lily Gladstone (Assassinos da Lua das Flores)
  • Sandra Hüller (Anatomia de Uma Queda)
  • Carey Mulligan (Maestro)
  • Emma Stone (Pobres Criaturas)

Melhor Ator Coadjuvante

  • Sterling K Brown – American Fiction
  • Robert De Niro – Assassinos da Lua das Flores
  • Robert Downey Jr. – Oppenheimer
  • Ryan Gosling – Barbie
  • Mark Ruffalo – Pobres Criaturas

Melhor Atriz Coadjuvante

  • Emily Blunt – Oppenheimer
  • Danielle Brooks – A Cor Púrpura
  • America Ferrera – Barbie
  • Jodie Foster – Nyad
  • Da’Vine Joy Randolph – Os Rejeitados

Melhor Roteiro Adaptado

  • American Fiction (Cord Jefferson)
  • Barbie (Greta Gerwig, Noah Baumbach)
  • Oppenheimer (Christopher Nolan)
  • Pobres Criaturas (Tony McNamara)
  • Zona de Interesse (Jonathan Glazer)

Melhor Canção Original

  • “The Fire Inside” – Flamin’ Hot – O Sabor que Mudou a História
  • “I’m Just Ken” – Barbie
  • “It Never Went Away” – American Symphony
  • “Wahzhazhe (A Song For My People)” – Assassinos da Lua das Flores
  • “What Was I Made For?” – Barbie

Melhor Trilha Original

  • American Fiction
  • Assassinos da Lua das Flores
  • Indiana Jones e a Relíquia do Destino
  • Oppenheimer
  • Pobres Criaturas

Melhor Filme Internacional

  • Io Capitano (Itália)
  • Perfect Days (Japão)
  • A Sociedade da Neve (Espanha)
  • Das Lehrerzimmer (Alemanha)
  • Zona de Interesse (Reino Unido)

Melhor Animação

  • Elementos
  • Homem-Aranha: Através do Aranhaverso
  • O Menino e a Garça
  • Meu Amigo Robô
  • Nimona

Melhor Documentário

  • Bobi Wine: The People’s President
    A Memória Infinita
    As 4 Filhas de Olfa
    To Kill a Tiger
    20 Days in Mariupol

Melhor Design de Figurino

  • Assassinos da Lua das Flores
  • Barbie
  • Napoleão
  • Oppenheimer
  • Pobres Criaturas

Melhor Maquiagem e Penteado

  • A Sociedade da Neve
  • Golda – A Mulher de Uma Nação
  • Maestro
  • Oppenheimer
  • Pobres Criaturas

Melhor Design de Produção

  • Barbie
  • Assassinos da Lua das Flores
  • Napoleão
  • Oppenheimer
  • Pobres Criaturas

Melhor Som

  • Resistência
  • Maestro
  • Missão: Impossível – Acerto de Contas Parte Um
  • Oppenheimer
  • Zona de Interesse

Melhor Edição

  • Anatomia de Uma Queda
  • Assassinos da Lua das Flores
  • Os Rejeitados
  • Oppenheimer
  • Pobres Criaturas

Melhor Fotografia

  • Assassinos da Lua das Flores
  • Maestro
  • O Conde
  • Oppenheimer
  • Pobres Criaturas

Melhores Efeitos Visuais

  • Resistência
  • Godzilla Minus One
  • Guardiões da Galáxia Vol. 3
  • Missão: Impossível – Acerto de Contas Parte Um
  • Napoleão

Melhor Curta

  • The After
  • Invincible
  • Knight of Fortune
  • Red, White and Blue
  • The Wonderful Story of Henry Sugar

Melhor Curta Animado

  • Letter to a Pig
  • Ninety-Five Senses
  • Our Uniform
  • Pachyderme
  • War Is Over! Inspired by the Music of John & Yoko

Melhor Documentário Curta

  • The ABCs of Book Banning
  • The Barber of Little Rock
  • Island In Between
  • The Last Repair Shop
  • Nǎi Nai and Wài Pó

 

Títulos como Oppenheimer, Pobres Criaturas, Barbie e Assassinos da Lua das Flores estão entre os candidatos mais com diversas nomeações.

Trailer Barbie

 

Trailer Oppenheimer

 

Trailer Pobres Criaturas

 

Trailer Assassinos da Lua das Flores

Continua após a publicidade

 

A Academia divulgou na última quinta-feira (07/12), uma lista com pré-indicados nas categorias de Melhor Filme Internacional, Melhor Animação e Melhor Documentário.

Em cada uma serão selecionados apenas cinco indicados para competir pelo prêmio. Até o momento, o Brasil têm três representantes: Retratos Fantasmas, na categoria de Melhor Filme Internacional, e também como Melhor Documentário. Já o título Elis e Tom concorre em Melhor Documentário. Por fim, o longa Perlimps disputa um lugar na categoria de Melhor Animação.

Até o momento, 33 filmes de animação foram nomeados, incluindo Homem Aranha Através do Aranhaverso e The Boy and the Heron, que marca o fim da carreira de Hayao Miyazaki. Além destes, 167 obras estão competindo na categoria de documentários, com títulos como Occupied City e American Symphony. Enquanto que em Melhor Filme Internacional, Zona de Interesse e O Sabor da Vida estão entre os favoritos.

Quais foram os últimos vencedores do Oscar?

Em 2023, durante a 95ª edição do Oscar, o filme Tudo Em Todo Lugar e Ao Mesmo Tempo se consagrou como o título com mais estatuetas, levando ao total 7 prêmios das 11 às quais estava indicado.

O longa saiu vencedor nas categorias de Melhor Filme, Melhor Direção (Daniel Kwan & Daniel Scheinert), Melhor Atriz (com Michelle Yeoh que fez história ao se tornar a primeira asiática a conquistar o prêmio), Melhor Atriz Coadjuvante (Jamie Lee Curtis), Melhor Ator Coadjuvante (Ke Huy Quan), Melhor Edição e Melhor Roteiro Original.

Continua após a publicidade
View this post on Instagram

A post shared by The Academy (@theacademy)

O segundo longa mais premiado foi o filme Nada de Novo no Front, que levou as estatuetas de Melhor Filme Internacional, Melhor Fotografia, Melhor Trilha Sonora e Melhor Design de Produção, totalizando 4 prêmios.

Por fim, A Baleia ficou em terceiro lugar do pódio da premiação, ao conquistar o prêmio de Melhor Ator com o personagem de Brendan Fraser, além de ser vencedor em Melhor Cabelo e Maquiagem.

Relembre abaixo os vencedores de todas as categorias do Oscar 2023:

Melhor Filme: Tudo em Todo o Lugar ao Mesmo Tempo

Melhor Direção: Daniel Kwan & Daniel Scheinert (Tudo em Todo o Lugar ao Mesmo Tempo)

Melhor Ator: Brendan Fraser (A Baleia)

Melhor Atriz: Michelle Yeoh (Tudo em Todo o Lugar ao Mesmo Tempo)

Melhor Ator Coadjuvante: Ke Huy Quan (Tudo em Todo o Lugar ao Mesmo Tempo)

View this post on Instagram

A post shared by The Academy (@theacademy)

Melhor Atriz Coadjuvante: Jamie Lee Curtis (Tudo em Todo o Lugar ao Mesmo Tempo)

Melhor Roteiro Original: Daniel Kwan & Daniel Scheinert (Tudo em Todo o Lugar ao Mesmo Tempo)

Melhor Roteiro Adaptado: Sarah Polley (Entre Mulheres)

Melhor Fotografia: James Friend (Nada de Novo no Front)

Melhor Trilha Sonora: Volker Bertelmann (Nada de Novo no Front)

Melhor Canção Original: “Naatu Naatu”(RRR)

Melhor Edição: Paul Rogers (Tudo em Todo o Lugar ao Mesmo Tempo)

Melhor Figurino: Ruth E. Carter (Pantera Negra: Wakanda Para Sempre)

View this post on Instagram

A post shared by The Academy (@theacademy)

Melhor Cabelo e Maquiagem: A Baleia

Melhor Design de Produção: Nada de Novo no Front

Melhor Filme Internacional: Nada de Novo no Front (Alemanha)

Melhor Documentário em Longa-metragem: Navalny

Melhor Documentário em Curta-metragem: The Elephant Whisperers

Melhor Animação em Longa-metragem: Pinóquio de Guillermo Del Toro

Melhor Animação em Curta-metragem: The Boy, the Mole, the Fox and the Horse

Melhor Curta-metragem em Live-action: An Irish Goodbye

Melhor Som: Top Gun: Maverick

Melhores Efeitos Visuais: Avatar: O Caminho da Água

 

Quais são os maiores vencedores do Oscar de todos os tempos?

O Oscar, também conhecido como “Academy Awards” é a premiação de entretenimento mais antiga da história. Desde 1929, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas tem reconhecido atores, atrizes, diretores, escritores e demais profissionais da indústria com a famosa estatueta.

Durante todos esses anos, alguns longas marcaram a cerimônia pelo número de indicações e prêmios conquistados. Relembre abaixo os maiores vencedores da premiação.

Imagem do filme O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei, de 2003
Imagem do filme O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei, de 2003 (Divulgação/IMDB) (IMDB/divulgação)

1. O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei (2003)

A trilogia de “O Senhor dos Anéis” é considerada uma das maiores realizações cinematográficas e se tornou o longa com mais indicações ao Oscar. A última parte do filme, baseado nos livros de J.R.R. Tolkien, conseguiu um grande feito: venceu todas as 11 categorias que foi indicado. Foram elas: Melhor filme, Direção, Roteiro Adaptado, Efeitos Visuais, Direção de Arte, Efeitos Sonoros, Montagem, Figurino, Som, Trilha Sonora e Canção Original. Em dezembro de 2023, o filme completa 20 anos de história.

Imagem dos personagens Jack e Rose, do filme Titanic, de 1997
Imagem do filme Titanic, de 1997 (Divulgação/20th Century Studios) (20th Century Studios/divulgação)

2. Titanic (1997)

O filme de James Cameron divide o pódio de longa com mais prêmios do Oscar, totalizando 11 vitórias, dentre 14 indicações. O filme, recordista de bilheteria, venceu nas categorias de: Melhor Filme, Melhor Direção, Melhor Fotografia, Melhor Direção de Arte, Melhor Figurino, Melhor Trilha-sonora, Melhor Edição, Melhor Efeitos Sonoros, Melhores Efeitos Visuais, Melhor Música Original e Melhor Som. Apenas as categorias de Melhor Maquiagem, Melhor Atriz (Kate Winslet) e Melhor Atriz Coadjuvante (Kathy Bates) não foram vencidas.

Cena do filme Ben-Hur, de 1959
Cena do filme Ben-Hur, de 1959 (Divulgação/Warner Bros) (Warner Bros/divulgação)

3. Ben-Hur (1959)

Mais um dos títulos mais premiados, foi o filme dirigido por William Wyler, que narra a história de um mercador judeu, condenado por um amigo a viver como uma pessoa escravizada. O longa recebeu 12 indicações e levou 11 prêmios, sendo eles: Melhor Filme, Melhor Direção, Melhor Fotografia, Melhor Direção de Arte, Melhor Figurino, Melhor Mixagem Som, Melhor Edição, Melhores Efeitos Especiais, Melhor Trilha-sonora, Melhor Ator (Charlton Heston), Melhor Ator Coadjuvante (Hugh Griffith). A única categoria que não venceu foi a de Melhor Roteiro Adaptado.

Cena do filme Amor, Sublime Amor, de 1961 (Divulgação)
Cena do filme Amor, Sublime Amor, de 1961 (Divulgação) (Divulgação/divulgação)

4. Amor, Sublime Amor (1961)

A adaptação do musical da Broadway foi um grande sucesso entre o público e a crítica, levando a 11 indicações ao Oscar, da qual venceu 10, sendo elas: Melhor filme, Melhor Direto, Ator Coadjuvante, Atriz Coadjuvante, Roteiro Adaptado, Trilha Sonora, Fotografia, Direção de Arte, Figurino, Edição e Som.

Cena do filme O Paciente Inglês, de 1996
Cena do filme O Paciente Inglês, de 1996 (Divulgação/divulgação)

5. O Paciente Inglês (1996)

O filme conta a história, de uma forma não linear, de um combatente que viveu a Segunda Guerra Mundial e durante o confronto, teve seu avião abatido e passou a ser cuidado por uma enfermeira canadense. Recebeu 12 indicações ao Oscar e venceu 9, sendo elas: Melhor Filme, Melhor Diretor, Atriz Coadjuvante, Direção de Arte, Fotografia, Melhor Figurino, Edição, Trilha Sonora e Mixagem de Som.

6. Gigi (1958)

Atriz francesa Leslie Caron no papel de 'Gigi'(Silver Screen Collection/Getty Images)
Atriz francesa Leslie Caron no papel de ‘Gigi'(Silver Screen Collection/Getty Images) (Getty Images/divulgação)

O longa conta a história de um milionário que se aproxima de uma jovem que foi ensinada pela tia a se comportar em alta sociedade foi indicado em 9 categorias ao Oscar e venceu em todas. O musical levou o prêmio de Direção de arte, Melhor filme, Diretor, Montagem, Figurino a cores, Trilha sonora, Roteiro adaptado, Fotografia a cores e Canção Original.

7. O Último Imperador (1987)

Set do filme 'O Último Imperador', de 1987
O Último Imperador (CHRISTOPHE D YVOIRE/Sygma via Getty Images) (Getty Images/divulgação)

Dirigido por Bernardo Bertolucci o filme conta a história do último imperador da China e também foi indicado em 9 categorias e venceu todas, sendo elas: Melhor filme, Diretor, Fotografia, Som, Roteiro Adaptado, Direção de arte, Trilha Sonora, Figurino e Montagem.

8. Minha Bela Dama (1964)

Cartaz do filme Minha Bela Dama, de 1964
Cartaz do filme Minha Bela Dama, de 1964 (Divulgação/divulgação)

O musical estrelado por Audrey Hepburn foi um grande sucesso na época, sendo indicado em 12 categorias e ganhou 8, sendo elas: : Melhor Filme, Diretor, Ator, Direção de Arte, Fotografia – Colorida, Figurino – Colorido, Trilha Sonora e Som.

9. Gandhi (1982)

Cena do filme Gandhi, de 1982
Cena do filme Gandhi, de 1982 (Divulgação) (Divulgação/divulgação)

A cinebiografia conta sobre a vida e realizações do líder histórico que lutou de forma contra o domínio britânico da Índia. O filme teve 11 indicações ao Oscar e levou 8 prêmios, sendo eles: Filme, Diretor, Ator, Roteiro Original, Direção de Arte, Fotografia, Figurino e Montagem/Edição.

Filme 'Quem Quer Ser um Milionário', de 2008
Filme ‘Quem Quer Ser um Milionário’, de 2008 (Reprodução/divulgação)

10. Quem Quer Ser Um Milionário (2008)

O filme conta a história de Jamal, um jovem indiano que participa de um programa de TV de perguntas e respostas. Com forte aclamação da crítica, foi um sucesso de bilheteria e conquistou 8 prêmios do Oscar: Melhor Filme, Roteiro Adaptado, Fotografia, Mixagem de Som, Direção, Montagem, Trilha Sonora Original e Edição de Som.

Quem criou o Oscar?

A premiação foi criada em 1927 pelos primeiros membros da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, e a primeira cerimônia aconteceu em 1929. Com a expansão da indústria de cinema, grandes nomes do setor se uniram para criar o Oscar. A ideia surgiu de um dos e surgiu de um dos diretores MGM, Louis B. Mayer e teve como primeiro presidente o ator Douglas Fairbanks, conhecido por seus papéis em filmes mudos como The Thief of Bagdad, Robin Hood, e The Mark of Zorro.

Desde o ano de 2002, a cerimônia acontece no Dolby Theatre, que fica em Los Angeles, nos Estados Unidos.

Como funciona a votação do Oscar?

Tanto a escolha dos indicados quanto a dos vencedores acontece por meio de uma votação entre os membros da Academia, sendo que é necessário um convite para fazer parte da organização. Atualmente, a premiação conta com mais de 10.000 membros, e todo ano, novas pessoas são convidadas.

A votação funciona da seguinte forma: para a categoria de Melhor Filme, todos os membros fazem as suas listas de indicação, entretanto não é obrigatório. Já dentre as outras categorias, os votantes representam suas áreas de atuação, como por exemplo, músicos votam para a área musical, diretores para Melhor Direção, e assim, continuamente.

Como forma de aumentar a representatividade dos profissionais da Academia, a entidade busca convidar pessoas de diferentes países. Fernanda Montenegro, Selton Mello, Carlinhos Brown e Wagner Moura são alguns dos artistas que estão entre os membros da organização.

Grandes atores que nunca ganharam o Oscar

Apesar do Oscar ser uma grande referência de produção cinematográfica, nem sempre a lista de atores e atrizes contempla atuações aclamadas pelo público. Confira abaixo alguns nomes do cinema já chegaram a ser indicados, mas até o presente momento, não levaram a estatueta de melhor atuação para casa.

Amy Adams

Amy Adams no painel da Comic Con San Diego, em 2015 (Gage Skidmore)
Amy Adams no painel da Comic Con San Diego, em 2015 (Gage Skidmore) (Divulgação/divulgação)

 

Bill Murray

Bill Murray
Bill Murray na conferência de Caçadores de Obras-Primas, em 2014 ()

Brad Pitt

Brad Pitt durante première do filme Corações de Ferro, em 2014
Brad Pitt durante première do filme Corações de Ferro, em 2014 ()

 

Edward Norton

View this post on Instagram

A post shared by Edward Norton (@edwardnortonofficial)

Glenn Close

View this post on Instagram

A post shared by The Real Glenn Close (@glennclose)

Harrison Ford

 

Harrison Ford durante painel da Comic Con Internacional de San Diego, em 2017
Harrison Ford durante painel da Comic Con Internacional de San Diego, em 2017 ()

Helena Bonham Carter

 

 

Helena Bonham Carter
Helena Bonham Carter durante 26ª Festival Internacional de Cinema de Santa Barbara, em 2011 ()

Joaquin Phoenix

Joaquin Phoenix durante o 68º Festival Internacional de Cinema de Berlim, em 2018
Joaquin Phoenix durante o 68º Festival Internacional de Cinema de Berlim, em 2018 ()

John Travolta

John Travolta's marca presença no World's Greatest Aviation Celebration
John Travolta’s marca presença no World’s Greatest Aviation Celebration ()

Johnny Depp

Johnny Depp no Festival Internacional de Cinema de Berlim, em 2020
Johnny Depp no Festival Internacional de Cinema de Berlim, em 2020 ()

 

Robert Downey Jr.

Robert Downey, Jr. durante painel da Comic Con Internacional em San Diego, em 2014
Robert Downey, Jr. durante painel da Comic Con Internacional em San Diego, em 2014 ()

Samuel L. Jackson

Samuel L. Jackson durante painel da Comic Con San Diego, em 2018
Samuel L. Jackson durante painel da Comic Con San Diego, em 2018 ()

 

Tom Cruise

Tom Cruise
Tom Cruise durante painel do filme “Top Gun: Maverick”, na Comic Con Internacional de San Diego, em 2019 ()

Um panorama do Brasil no Oscar 

Em 1945, o Brasil foi reconhecido pelo Oscar pela primeira vez, com a composição de Ary Barroso indicada na categoria de Melhor Canção Original, por conta do musical Brasil, estrelado por Tito Guizar e Virginia Bruce.

Em 1960, tivemos outra chance de levar a estatueta, desta vez com o filme Orfeu Negro, uma produção entre coprodução com França e Itália que levou o prêmio de Melhor Filme Internacional, mas não contou como uma vitória nacional.

Já em 1963, o filme O Pagador de Promessas concorreu na categoria de Melhor Filme Internacional, entretanto perdeu a estatueta para o francês Sempre aos Domingos.

Anos depois, na década 1990, fomos indicados mais três vezes, com os filmes O Quatrilho (1996), O Que É Isso, Companheiro? (1998), e Central do Brasil (1999), mas também não vencemos.

View this post on Instagram

A post shared by Fernanda Montenegro (@fernandamontenegrooficial)

Além da categoria de Melhor Filme, o Brasil já teve outras estrelas sendo indicadas em alguns dos prêmios principais, como, por exemplo, a indicação de Fernanda Montenegro como Melhor Atriz, devido ao seu papel no filme Central do Brasil, de 1999. A atriz foi a primeira a ser indicada a concorrer ao prêmio com uma produção em português. Entretanto, Gwyneth Paltrow ganhou venceu por Shakespeare Apaixonado.

Outra indicação memorável foi com o longa Cidade de Deus (2002), com produção de Fernando Meirelles, e recebeu quatro indicações: Melhor Diretor, Melhor Roteiro Adaptado, Edição e Fotografia. Entretanto, a indicação veio apenas no Oscar 2004, após a grande repercussão do filme nos cinemas dos Estados Unidos.

O longa Dois Papas, também do diretor Fernando Meirelles, foi indicado em três categorias: Melhor Ator, Ator Coadjuvante e Roteiro Adaptado, mas não levou o prêmio. A indicação mais recente foi em 2016, com a animação O Menino e o Mundo, em 2016, da qual Divertidamente ganhou a estatueta.

10 momentos marcantes da história do Oscar

Com a 96ª edição prestes a acontecer, selecionamos os 10 momentos mais marcantes do Oscar, desde situações emblemáticas à momentos constrangedores que chocaram o público. Confira:

1. Hattie McDaniel é a primeira mulher negra a ganhar um Oscar

 

Em 1940, durante o período de segregação racial nos Estados Unidos, um grande marco foi alcançado pela atriz Hattie McDaniel, que venceu na categoria de Atriz Coadjuvante, por seu papel como Mammy em “E o Vento Levou”. Devido a Leis de Jim Crow, atriz foi proibida de comparecer a estreia do filme com o restante do elenco, e só conseguiu comparecer à cerimonia do Oscar, após ajuda da produção do filme para permitirem a entrada da atriz no prédio.

2. Marlon Brando recusa prêmio de melhor ator

Em 1973, Marlon Brando venceu o prêmio de melhor ator por sua atuação no longa O Poderoso Chefão. Entretanto, o astro se recusou a comparecer à cerimônia em protesto contra a falta de representatividade de indígenas americanos em produções do cinema e televisão.

A atriz e ativista nativa-americana Sacheen Littlefeather subiu ao palco em seu lugar para discursar um texto escrito por Brando em recusa ao prêmio, porém foi interrompida após 45 minutos de fala.

3. Homem pelado invade o palco do Oscar

 

Outro momento marcante foi em 1974. Durante a apresentação do host David Niven para anunciar a entrada da atriz Elizabeth Taylor, que apresentaria a categoria de Melhor Filme, o fotógrafo Robert Opel correu pelo palco pelado e protagonizou uma das situações mais inusitadas da cerimônia.

4. Discurso de Halle Berry ao vencer prêmio de Melhor Atriz

 

A atriz Halle Barry protagonizou um discurso emocionante na cerimônia de 2002, ao levar o prêmio de Melhor Atriz por sua atuação em A Última Ceia. A artista subiu emocionada ao palco e foi ovacionada pela plateia durante seu agradecimento: “Esse momento é muito maior do que eu”, disse Halle durante seu discurso em que menciona a honra de ser a primeira mulher negra a vencer o prêmio nesta categoria.

5. Heath Ledger recebe Oscar póstumo

 

Com os sucesso de O Segredo de Brokeback Mountain e Batman: O Cavaleiro das Trevas, ao interpretar o Coringa, Heath Ledger se consagrou como uma estrela em ascensão em Hollywood. Entretanto, o ator morreu logo após o término das gravações, devido a uma overdose acidental com o uso de medicamentos.

Em 2009, a família do ator foi ao palco receber o prêmio póstumo por sua atuação no longa de Christopher Nolan, na categoria de “Melhor Ator Coadjuvante”.

6. Jennifer Lawrence cai no palco

 

Jennifer Lawrence viveu um momento que marcou as cerimônias do Oscar ao cair no palco da premiação. Em 2013, ao ser indicada e ganhar o prêmio de Melhor Atriz com sua atuação no longa O Lado Bom da Vida, a atriz tropeçou nas escadas e logo em seguida, brincou com a situação.

 

7. A selfie do Oscar

 

Em 2014, durante a cerimônia da premiação, a apresentadora Ellen DeGeneres reuniu diversas celebridades para uma foto que viralizou nas redes sociais. A foto contou com celebridades como: Jennifer Lawrence, Jared Leto, Meryl Streep, Bradley Cooper, Peter Nyong’o Jr., Lupita Nyong’o, Channing Tatum, Julia Roberts, Kevin Spacey, Brad Pitt e Angelina Jolie.

O clique foi publicado no X (antigo Twitter), e teve mais de 1 milhão de retweets em menos de uma hora.

 

8. O aguardado Oscar de Leonardo DiCaprio

 

Até 2016, Leonardo DiCaprio não havia recebido um Oscar. Após quatro indicações, em 1994, 2005, 2007 e 2014, a espera de mais de 20 anos chegou ao fim. O ator levou o prêmio de Melhor Ator, por sua atuação em O Regresso. O momento foi bastante aclamado na internet, ficando entre os assuntos mais comentados, além de ter rendido diversos memes.

9. A troca de envelopes que anunciou La La Land como ‘Melhor Filme’ 

A 89ª cerimônia do Oscar ficou marcada por uma gafe histórica, com o anúncio da categoria mais importante – e aguardada – da premiação, que é a de Melhor Filme. Devido a um erro da organização, os apresentadores Faye Dunaway e Warren Beatty anunciaram La La Land: Cantando Estações como vencedora, quando o real vencedor da noite havia sido Moonlight: Sob a Luz do Luar.

O equívoco aconteceu porque os apresentadores receberam o envelope que anunciava Emma Stone, de La La Land, como “Melhor Atriz”.

 

10. Tapa de Will Smith em Chris Rock

Outro momento inesperado que entrou para a história foi o tapa de Will Smith em Chris Rock. Após uma piada feita pelo comediante sobre o cabelo raspado de Jada Pinkett Smith, esposa de Will, o ator reagiu para defendê-la. Acontece que Chris fez uma comparação com a atriz Demi Moore, que também tem a cabeça raspada, entretanto, Jada sofre com alopecia, uma condição que causa a queda dos fios de cabelo. Visivelmente incomodada com a situação, Will gritou para que o apresentador “tirasse o nome de sua esposa da boca”, além de agredi-lo em cima do palco.

Durante o ocorrido, muitas pessoas na plateia acreditaram que a situação foi combinada. Entretanto, alguns dias depois Will Smith renunciou à Academia em 1º de abril de 2022 e foi proibido de comparecer à cerimônia do Oscar por 10 anos.

Publicidade